Picture of MadeinWeb

MadeinWeb

Leitura: 4 minutos

A Web 3.0, também conhecida como Web Semântica ou Web Inteligente, tem um grande impacto (positivo) nas nossas vidas e nos negócios. Mas afinal o que traz de novo em relação à Web 2.0 e o que é que as empresas devem fazer para se prepararem para este novo momento da Web?

 

Neste artigo vou explorar as principais mudanças trazidas pela Web 3.0, comparar este novo paradigma com a web 2.0, explorar o impacto que tudo isto poderá ter na tecnologia atual da sua empresa e antecipar aplicações da web 3.0 no mundo empresarial. Aproveite a leitura!

 

O que é realmente a Web 3.0?

A Web 3.0 representa uma evolução que potencia a descentralização da Web. É muito mais focada em websites, sistemas e aplicações do que no utilizador propriamente dito. O grande objetivo será a convergência de várias tecnologias que já existem, nomeadamente: Blockchain, Machine Learning e AI como um todo, criando assim uma grande sinergia e inteligência de dados.

 

Vários especialistas chegam a mencionar a mudança do termo World Wide Web para World Wide Database. Ou seja, saímos de um mar de documentos para um mar de dados, permitindo potenciar algo que valorizo muito: a Customer Experience.

 

Quais são os pontos fortes da Web 3.0?

 

A Web 3.0 vem com alguns recursos importantes que vão mudar a forma como interagimos com a Internet e as aplicações da Web:

 

  • Open-source;
  • Descentralização;
  • Permissão dispensável;
  • Acessibilidade omnipresente.

 

Descentralização na Web 3.0

Da web 1.0 para a web 2.0 nós tivemos uma grande evolução, isto por que saímos de um mundo onde apenas podíamos ler o que estava publicado em websites para um outro onde podemos editar e criar livremente.

 

Livremente? Não! Na Web 2.0 os computadores usam HTTP na forma de endereços exclusivos para encontrar informações que são armazenadas num local fixo, geralmente num único servidor.

 

Na Web 3.0 a informação será encontrada com base no conteúdo, por isso pode ser armazenada em diversos locais ao mesmo tempo, daí a Descentralização.

 

Qual o impacto da Descentralização nas grandes bases de dados dos gigantes mundiais?

Ao deixar de ter a informação num local fixo, qual o impacto que poderão sentir gigantes como a Google, Meta e outros que geraram fortunas e criaram os seus negócios em torno dos nossos dados?

 

Pois é, estamos à beira de uma mudança muito significativa. Se na web 2.0 os seus dados pertencem aos gigantes, agora é a sua vez de assumir o controlo.

Com a Web 3.0 os dados são gerados por múltiplos recursos de computação, como computadores, smartphones, IOT, veículos, sensores e VR. Isso significa que passa a controlar a quem tem acesso aos seus dados. É quase como se vendesse a informação para quem quiser através de redes de dados descentralizadas.

 

O que são dApps?

Com a descentralização de dados e armazenamento, a Web 3.0 passa por software de código aberto, e, consequentemente, as aplicações serão executados em blockchain, redes “peer to peer” ou uma combinação dos dois. 

 

Daí o nome Decentralized Apps. A natureza descentralizada das dApps significa que a partir do momento que um programador lança a base de código de uma dApp, outros podem desenvolver novos projetos em cima dele. A aplicação está livre do controlo de uma única autoridade. Uma dApp é desenvolvida para criar uma grande variedade de aplicações, incluindo finanças descentralizadas, navegação na web, jogos e redes sociais.

 

Qual o impacto das dApps e do software descentralizado na sua empresa?

Recentemente eu publiquei um artigo aqui no blog que fala sobre o impacto do metaverso nos negócios. Nesse conteúdo eu falo muito sobre Customer Experience, 5G, Supercomputadores, computação quântica, entre outras coisas. Com isso eu quero-lhe mostrar que se a sua empresa pretende estar um passo à frente dos seus competidores, deve, sem dúvida, usar e abusar de tudo o que a web descentralizada tem para oferecer.

 

Imagine a capacidade de evoluir e entregar uma experiência de cliente incrível ao permitir integrações em tempo real e códigos abertos. A união faz a força, como diz o ditado popular.

 

Dicas para a sua empresa aproveitar ao máximo a Web 3.0

 

A transparência é uma das principais aplicações da Web 3.0 para B2B. Há uma necessidade extrema de transparência nesta nova conectividade, tanto para empresas quanto para os clientes. De forma a gerar lucro a longo prazo com o envolvimento e a experiência de utilizadores e clientes.

 

Experiências centradas no cliente

Uma das aplicações empresariais mais desejadas na Web 3.0 é a capacidade de oferecer experiências desenvolvidas em torno do cliente. Esse envolvimento pode ser atraído e aprimorado com a integração de novas capacidades de personalização e localização, geradas através da incorporação da Web 3.0 nos negócios. 

 

Informação e aprendizagem com base em dados

Como mencionado no início deste artigo, a Web 3.0 tem uma grande apetência para a a recolha de dados e para a  descentralização dos mesmos, permitindo às empresas gerar informação poderosa sobre o comportamento e preferências do seu público-alvo, utilizando dados recolhidos através Inteligência Artificial, IOT e machine learning.

 

Automação

Com a capacidade de integração automatizada, as empresas conseguem oferecer melhores experiências de compra, melhorias nos processos internos, recomendações personalizadas, entre muitas outras ações que atrairão ainda mais os clientes.

 

IOT mais inteligente

Os dispositivos inteligentes de IoT só podem ser aprimorados por meio da integração da Web 3.0 para funcionalidades inteligentes e contínuas. Assim surgem novas oportunidades para realizar mudanças rápidas, mas com os riscos controlados de forma mais eficiente.

 

Segurança reforçada

As empresas vão ganhar uma camada de segurança acrescida com a Web 3.0 , apoiada em parte pelo Blockchain. Assim conseguem oferecer aos seus utilizadores uma experiência mais agradável, ao mesmo tempo que protegem os seus dados.

 

Interoperabilidade

Interoperabilidade é a capacidade de um sistema comunicar de forma transparente com outro sistema. Clientes ou utilizadores podem aceder aos seus dados confidenciais em múltiplas aplicações com a Web 3.0.

 

Os benefícios da Blockchain

A tecnologia Blockchain oferece a capacidade de transferir ativos digitais através das fronteiras comerciais de forma económica. Os benefícios da Blockchain incluem a eliminação dos contrangimentos geográficos, entre muitos outros.

 

Gostou do artigo? Quer conversar sobre o tema?

Espero que a leitura lhe tenha agradado e beneficiado de alguma maneira. O meu objetivo é ajudar líderes em TI e Inovação a encontrar informação útil para as suas empresas sem grande esforço.

 

Entre em contato comigo via WhatsApp ou LinkedIn para debater o tema, tirar dúvidas, dar sugestões e até mesmo para apresentar os seus desafios.

 

Obrigado.

Compartilhe

O que podemos fazer
pelo seu negócio?